Aventura de Carnaval Gay

Me chamam de Rick, tenho 1,69 de altura, sou moreno, não sou gordo e nem magro, sou bissexual até o momento, mas sou decidido, prefiro muito mais homem, mais vamos ao que interessa.
Estava em SP ontem, fui para curtir o bloco, curti, voltei para o hotel em que estava, me arrumei, e fui para um cine que tem em SP, que se chama Cine República, até aí tudo bem, não fui na intensão de nada, deixei rolar, cheguei, parei, fui para a sala de cinema do andar superior, pois tem duas salas, um com filme erótico hétero e outro com filme erótico ente gays, até aí beleza.

Subi, sentei e notei que um cara estava de olho em mim, ele chegou até mim e começou a se insunuar, e eu dizendo que estava suave, aí ele veio com um jeito carinhoso, começou a cochichar em meu ouvido e a dizer besteiras, a dizer que estava interessado, e eu dizendo que estava tranquilo, que tinha acabado de chegar, mas ele não desistiu, e continuou me xavecando, aí começou a subir um fogo dentro de mim, ainda mais porque ele era espanhol, e aquele sotaque, aí eu baixei a guarda e fomos para um lugar reservado. Subimos, ele começou a me beijar intensamente, com tanta vontade, com um fogo, que hesitei, cedi e comecei a ficar louco, começei a chupá-lo, e ele gemendo, gemendo, passou alguns minutos e ele começou a perguntar em meu ouvido se eu queria o cuzinho dele e eu comecei a ficar louco, foi então que eu comecei a enfiar o dedo, nossa que delícia, e vi que ele estava gostando, dei mais frequência e enfiei mais rápido, e para ele sentir mais prazer comecei a punhetá-lo.
Ele então me segurou e disse que se continuasse ele ia gozar rs, então parei de punhetá-lo e continuei só a enfiar os dedos e ele começou a pedir novamente me come, enfia no meu cuzinho vai, com aquele sotaque, coloquei a camisinha e fui deixando-o mais louco, peguei o meu pau e comecei a passar na portinha do cuzinho dele e ele pedindo rola, então enfiei, e tome estocadas, estava louco com aquele sotaque fdp kk, enfiava e tirava, foi dando um calor aquele momento, passou um tempo, gozei e percebi quando ele virou, que ele tinha gozado sem tocar no próprio pau, eu fiquei impressionado, caraca, não trocamos telefone, nem nada, nos beijamos e cada um foi para o seu canto, mas foi bom, que espanhol mais lazarento kkk
Em breve contarei o que ocorreu mais durante essa noite…

Obs. Tenho essa conta há muito tempo, sempre li, mas nunca tive coragem de escrever, é meu primeiro conto espero que curtam

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.