Dando o cuzinho para o primo da minha esposa

Final de semana de sol e recebemos em casa a visita de um primo da minha esposa em casa pra passar o final de semana conosco, Ana iria trabalhar o final de semana inteiro então ficou pra mim a responsabilidade de levar o primo pra passear, como de costume eu usava um de meus shortinhos,Ana disse que não me impotasse de ficar a vontade em casa e deveria ser eu mesmo e dando uma palmada na minha bunda disse que adorava me ver de shortinho socado no rabo.
Quando ele chegou na sexta à noite, fizemos uma comidinha e bebemos umas cervejas, Ana foi dormir e ficamos batendo papo e fomos dormir, tomei um banho, vesti meu shortinho azul e pus uma camiseta, quando sai do banheiro dei de frente com o primo, fiquei tenso mas lembrei do que Ana disse e procurei ficar calmo, boa noite primo, se precisar de alguma coisa é só chamar, ele ficou vermelho e quando cheguei na porta do quarto virei e vi que ficou me olhando andar pelo corredor até a porta fiquei sem graça dei tchauzinho e fechei a porta, na manhã seguinte, deixei Ana na porta como de costume e fui fazer café, arrumei a mesa e fui terminar o café da manhã, bom dia primo, respondi bom dia, e aí dormiu bem, e ficamos batendo papo normalmente mas de vez em quando pegava ele olhando pra minha bundinha empinada e raspadinha, com o shortinho arrochado ficava com metade da bunda à mostra já que uso os shortinhos enfiados no rabo, vámos sair? pergunte, vamos respondeu o primo e foi tomar banho enquanto eu arrumava a mesa saiu do banho com a toalha no ombro e nu, fiquei assustado com a cena, corpo sarado, peito definido, abdômen malhado e uma vara enorme e grossa, fiquei parado olhando pra sua pica, sentei no sofá sem graça e com o coração a mil, perdi o ar, que foi primo vindo em minha direção ficou com sua pica a uns cinco centímetros da minha boca, que foi primo? Perguntou, que pica é essa, exclamei, ficou vermelho e sua pica foi ficando dura na minha frente, ficou enorme uns 22 cm e muito grossa, levantei a mão e segurei o mastro olhando pra cara do primo que me olhava atentamente começando de leve a punhetar o mastro, fechou os olhos e segurou a minha cabeça puxando de leve ao seu encontro, passei a língua de leve na cabeça enorme desse caralho e abocanhei e fui chupando devagar, lambia, chupava lhe o caralho e lambia o saco chupando suas bolas delicadamente, lévantou me e sentou no sofá, virou me de costas e acariciando minha bunda, dando uns tapinhas foi tirando o shortinho arrochado, foi abaixando o shortinho devagar enquanto eu rebolava na sua frente, lambeu minha bunda e enfiou a cara entre as nádegas passando a língua no meu cuzinho, enclinei o corpo pra frente e senti a sua língua tentando me penetrar, delicia, estocou o dedo no meu cuzinho, virou me com o dedo socado no meu rabo e abocanhou meu pau mamando deliciosamente, me chupando e enfiando o dedo no meu cuzinho, delírio total, puxei ele pro quarto deitei na cama e ele veio por cima num 69 gostoso cravamos os dedos no rabo um do outro é enquanto mamavamos as picas um do outro fudemos os cuzinhos, puta que o pariu que delícia, levantei e arrisquei um beijo e fui retribuído com um beijao, ele ficou de quatro e meti no cu dele, bombei e que gostoso, tirava e chupava seu cuzinho e metia a pica novamente, minha vez, fiquei de quatro e ele lambi meu cu enfiando a língua, lambuzando meu rabo, posicionou a vara e foi enfiando devagar sua vara gigante com dor passou a cebeca da pica foi forçando e crau, estocou tudo urrei e soltei o corpo na cama e ele caiu em cima socando no meu cuzinho, sentis rasgar meu rabo, tira tira pedi gemendo, sem responder continuou bombando em mim virei a cabeça pra trás chorando pedi para parar ele me tascou um beijo de língua e disse pra eu relaxar que logo iria acostumar com sua pica, ok respondi. que bundinha gostosa você tem, fiquei doido quando te vi de shortinho socado e disse pra mim mesmo que iria fuder seu cu, adorei ouvir isso é fui relaxando, tudo bem agora? Sim respondi, me fode todo disse a ele socando de vez em mim passou seus braços por baixo dos meu travando meu corpo de vez socando forte , gemia e hurrava de tezão e dor ia me fudendo e beijando meu pescoço que delícia, bombou tanto que gozou no meu cuzinho, tirou o caralho da minha bunda e me virou caindo de boca no meu pau e me punhetando, gozei na sua boca e com minha porra na boca veio e me deu um beijo com toda minha porra, delicia de Beijo, fomos tomar banho e saímos pra passear, espero mais desse fim de semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.