Dei para o colega de trabalho na confraternização

Olá, tenho 27 anos, sou farmacêutico e moro em floripa.
Já faz tempo que eu quero contar o que aconteceu comigo na confraternização da firma no fim do ano de 2019, tenho namorado e por isso nunca pude contar para ninguém, mas isso valeu a pena.
Trabalho em uma farmácia e lá tem um novinho muito gostoso que mexe muito com a minha cabeça. Do estilo machão, Branco, olhos verdes e aproximadamente 1,80m, com seus 18 anos e jogador de futebol nas horas vagas, o novinho tem um corpo delicioso que chama muito a atenção.
Sempre nos demos muito bem, apesar de ele saber da minha sexualidade e relacionamento, conversamos muito nas horas vagas e eu sempre fico com muito tesao quando ele me conta quando e como comeu as guriazinhas que ele pega.
Quando chegou dezembro de 2019, começamos organizar a famosa confraternização de fim de ano, resolvemos fazer no salão de festas do meu condomínio já que é grande e muito reservado. Conforme a noite foi passando, o pessoal foi ficando cada vez mais bêbado, vinha bebida de todo lado e conforme eu ficava mais bêbado, mais tesao eu tinha no cara.

Sete Sensações Anestésico

Meu namorado estava na festa mas estava de canto e não falava muito com ninguém, quando percebi que ele estava distraído cheguei no ouvido do novinho e falei:
– sabe que tu me come a hora em que tu quiser né?!
– tu é doido. – o novinho deu um sorriso safado e saiu de perto se fazendo de desentendido.
Algum tempo depois o meu namorado subiu para o apartamento e foi dormir, e foi aí que a coisa começou a pegar fogo.

Não demorou muito tempo para o novinho chegar no meu ouvido e me trazer uma proposta “topo contigo e com o teu namorado, o que acha?!”, aquilo me deixou surpreso mas disse que naquela noite não rolaria, mas ele conseguiria fazer Comigo o que a imaginação mandar.
Tempo depois o pessoal da farmácia começou a ir pra casa, o novinho começou a se despedir dos que sobraram e pediu para que eu o levasse até o hall de entrada. Quando já estávamos no meio do caminho e longe do restante da turma ele me diz:

– tu sabe que eu não vou pra casa agora né?
Foi o suficiente pra eu atacar sem pensar duas vezes, puxei ele pra entrada da escadaria de incêndio que é o único lugar do condomínio sem câmeras e ali começou tudo.
Beijei ele forte sentido aquela barriga tanquinho lisinha e branca, com o short deixando o pau dele já bem marcado, acredito que ele estivesse no tesao há muito tempo pq depois de muito amasso gostoso botei a mão no pau dele e estava todo babado, aquilo me deixou com muito tesao, era uma rola comprida, de uns 18cm e não muito grossa, com uma grande cabeça rosada e reta, aquelas que entra gostoso e vc não reclama.

Baixei a bermuda dele e comecei a chupar ele gostoso fazendo garganta profunda e com a mão dele forçando a minha cabeça até eu engasgar. Aquele novinho sabia o que estava fazendo e pelo visto já tinha imaginado alguma coisa comigo.
Percebi que quando eu chupava as bolas dele ele abria um pouco a perna, sinal de que tbm sentia tesao no cu. Fui investindo e ele deixou que eu metesse o dedo indicador no cu dele, aquilo me estourou de tesao, eu estava de joelhos chupando o gostoso do meu trabalho com o dedo no cuzinho dele.

Depois de muita mamada ele disse que queria me fuder, meu cu já não aquentava de tesao e eu não resisti. Ele me levantou e abaixou a minha bermuda. Cuspiu na mão e começou a brincar no meu cuzinho, fazendo uma espécie de massagem pra deixar ele bem molhadinho. Ele me botou de 4 na escada e deu uma cuspida forte no meu cu, isso me deixa louco, coisa que só macho faz.

Começou a forçar a cabeça do pau no meu cu e como eu estava cheio de tesao ele entrou todo de uma vez, não posso dizer nem que doeu, foi incrível. Ele começou a bombar puxando a minha cabeça pra traz e enfiando o dedo na minha boca, eu era a puta dele naquela hora, ele bombou muito em mim de 4 forçando o pau entrar até não ter mais o que enfiar, eu estava em êxtase.
Depois de muita bombada, pela primeira vez gozei sem colocar a mão no meu pau, quando ele viu aquilo, acho que deixou ele com ainda mais tesao pq num urro alto ele gozou dentro do meu cu, deu pra sentir uns 3 jatos de porra no meu cu. E ele tirou o pau de dentro, vestiu a bermuda e eu me vesti tbm, dei uma limpada no meu pau e deixei o meu cu com toda a porra dele dentro.

Nos despedimos, ele foi pra casa dele e eu voltei pro salão de festas como se nada tivesse acontecido. Peguei um copo de cerveja e tomei tudo em quase um gole, fui para o banheiro e esvaziei o meu cu com a porra dele. Ele tinha me enchido muito, nunca vi sair tanto.

– tempos depois fizemos algo bem mais arriscado dentro da farmácia, se vcs quiserem eu posso contar as outras histórias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.