Hetero gostando da putaria e pedindo mais

No conto anterior com o Will,(hetero que curte rola) foi muito legal aquele tipo hetero no armário com medo de ser descoberto, mas foi muito gostoso meter naquele cu já bem usado por sinal.
Então passaram uns 20 duas mais ou menos, e recebi uma mensagem do Will, perguntando se haveria algum material que poderia nos fornecer, eu com tesão e afim daquele cu gostoso, meu pau deu sinal de vida na hora, mas disse a ele que poderia no mesmo dia ao final da tarde por volta das 18hrs, pois teria de viajar as 21hrs. Tudo acertado, avisei ao segurança da vinda dele e me preparei para receber aquele casadinho safado.
Não levou muito tempo Wil chegou e foi encaminhado direto a saia de reuniões, entrei e vi aquela bunda gostosa numa calça social slim que deixava muito apetitosa, entrei cumprimentei ele, que não disfarçou o nervosismo, eu não perdi tempo puxei ele num beijo bem pegado e minha mão já entrou dentro daquele rabinho já alisando o cuzinho, que resultou num gemido cheio de tesão e a mão dele já liberou meu pau, como meu tempo era curto mas o tesão era demais, já direcionei a cabeça dele para meu pau, e o safado iniciou a mamar com vontade, engolia da cabeça ao tronco e brincava com a língua no meu pau, tirava todo da boca segurava

Sete Sensações Anestésico

 

minhas bolas e linguava uma de cada vez e brincava com as duas na boca, e já sabia engolindo até engasgar, o safado estava cheio de tesão também, até que levantei ele tirei a calça, ele estava sem cueca o safado, aí foi a minha vez, linguei aquele cuzinho, sedento por rola, lambia o reguinho, chegava no saco, engoli o pau dele e voltei a molhar bem o cuzinho dele, levantei a perna dele e coloquei só reca mesa deixando o cuzinho bem abertinho, duas pinceladas rápidas e Will pede para meter, foi atendido na hora, do encostei e enterrei tudo, o urro dele foi uma delícia , deu uns apertada no meu pau então gemi alto, e comecei a socar com vontade, entrava

 

e saia com vontade, até que viro ele frango assado e vou metendo, socando com força, Will tremia e pedia por mais, queria ser arrombado, pedia para ser leitado, eu não segurei muito tempo e enchi o cuzao aberto e cheio de leite, Will me apertava e gozava alucinado. Foi uma foda rápida, gostosa, e cheia de tesão para ambos, festa vez Will não pediu sigilo, só me disse que gostaria de repetir, eu concordei e disse que com aquele cu eu estaria sempre a disposição, ele só subiu as calças e a cueca e saiu com meu leitinho no cu, tomei meu banho me arrumei e fui viajar.
Esperem por novas aventuras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.