Homem submisso gozando pelo rabo

Certa vez, fui visitar meu irmão que mora em uma capital, de um certo Estado da federação. Lá pelas 04:00hs da manhã, Já em sua casa, resolvi ir à caça no Bate Papo e conhecer o que a cidade tinha a oferecer de bom.


Logo achei um carinha de 19 anos afim de me chupar. Ele tinha transporte e local e isso facilitaria muito. Ligamos as câmeras pra ver se rolava, gostamos, ele veio me buscar, então fomos logo pra real. Saí de casa na pontinha dos pés… hehe
Mas como as webcans enganam!!! Ele parecia ser grandalhão na cam, mais ao vivo, era um molequinho bem bonito.
Ele chegou, nos cumprimentamos, entrei no carro e vazamos. Ele disse que morava com a mãe, que ela estava em viagem, que tinha ido a um velório de um familiar – vê se pode?! A família de luto e o leke doido por pica.
Chegamos em sua casa e fomos direto para o seu quarto, onde tinha uma cama de casal enorme. Ele ficava me olhando de um jeito estranho, parece que surpreendi.
Bom, hora de mamar logo antes que amanheça. Peguei ele pela nuca e esfreguei a cara dele no meu pau. Desabotoei a calça, tirei meu pau , enfiei na garganta dele e comecei a bombar. O saco batia no queixo do leke durante as estocadas. Seus olhos lacrimejavam enquanto ele ia tendo ânsias de vômito. Resolvi relaxar e deixar ele chupar mais a vontade pois o lekinho tava sendo judiado. Me deitei na cama e ele continuou me chupando gostoso por uns vinte minutos.
Depois, ele olhou pra mim e disse: “me come”. Nunca tinha comido, mas ele era tão bonitinho que resolvi quebrar o galho dele.
Concordei e ele logo se despiu: O leke tinha um rolão. Eu tava deitado e ele veio pra sentar em cima sem capa e eu me neguei – gosta de levar porra no rabo – . Então ele vestiu uma camisinha em mim e começou a cavalgar feito um louco. Gemia feito uma puta
Bom, já era hora de gozar, pois estava quase amanhendo e eu tinha que estar em casa antes do amanhecer. Joguei ele na cama e fui por cima. Coloquei ele de quatro e mandei rola no leke. Ele gemia muito, achei um exagero mas continuei metendo e ele pedindo mais e mais rápido. De repente ele começou a gemer mais alto e contrair o rabo, quando olhei pra cama, tinha uma poça enorme de esperma no lençol – o leke tinha gozado pelo cú e sem tocar no pau. Já cheguei a ler sobre isso em contos mas achava que era fantasia. Nunca acreditaria se eu não tivesse visto ao vivo.
Bom, já tinha deixado ele satisfeito, chegou a hora dele me satisfazer. Botei ele pra me chupar denovo. Enquanto isso vou bombando na boca dele e segurando ele pela nuca. Tirei e comecei uma punhetinha enquanto ele chupava meu saco. A hora do prêmio estava chegando, ele ficou chupando só a cabeça enquanto eu me punhetava de leve. Não aguentei segurar mais e esporrei na boquinha dele os 10 dias acumulado de porra. Foram seis jatos bem fortes de esperma e ele continuou me chupando, deixando limpinho. Depois o puto abriu a boca, me mostrou toda a minha porra em sua boca e, como bom bezerrinho, engoliu tudo.
Fui tomar um banho antes de ir pra casa. Ele entrou no banheiro e ficou me chupando enquanto eu me banhava, então eu dei uma mijada nele todo. Usei como quis.
Depois ele me deixou próximo de casa e nunca mais o vi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.