Mamando gostoso o meu irmão

Esse irmão eu nunca me dei bem com ele desde pequeno, ele não mora comigo pois ele é filho do primeiro casamento do meu pai, e quando meu pai dizia que ele viria aqui para casa, eu ficava puto pois eu nunca gostava, como nossa antiga casa era pequena, ele não vinha muito, até que se mudamos para uma casa maior, então ele vem com mais frequencia.
E com o passar do tempo, eu ficando mais velho eu comecei a me dar bem com ele, e fui sentindo algo diferente nele.

Sete Sensações Anestésico


Quando ele vem para cá minha irmã vai dormir no quarto dos nossos pais, e dorme eu, ele e nosso irmão no quarto.
Ele é moreno, baixo e meio gordinho tem 23 anos e eu 20.
Ele e meu outro irmão estavam dormindo, eu resolvi apalpar o pau dele para sentir, e amei aquilo tudo.
Ele foi embora e nunca conversa com ele no whats, ele falei disso, ele disse que não tinha sentido, mas não se impressionava por eu ter feito isso.

Meu pai chamou ele para vim para cá,meus pais e minha irmã ja tinha ido deitar, meu irmão já tinha dormido no nosso quarto, eu estava na sala e vi que ele estava online no whats, e mandei mensagem pedindo para ele vim na sala, ele não abriu a mensagem mas viu pela Barra de notificação, e eu escuto a porta do quarto abrindo e fechando e ele abrindo a porta da sala, eu estava deitado no sofá e ele chega perto de mim, me perguntando oque eu queria, eu fui e botei a mão no pau dele que estava duro e falei que era só isso que eu queria(mas era só isso mesmo), mas ele insistiu, me perguntando oque eu queria, até que ele sentou no outro sofá, perguntando se eu queria algo mais, eu perguntei se ele deixaria, e ele disse que era para eu

tentar para ele se ele deixaria, mas fui sentando no lado dele e apertando com mais vontade, e tirando para fora, e batendo uma para ele,e ele me manda cair de boca, era a segunda vez que eu chupava um pau, era bem gostoso, eu mandava ele bater na minha cara, ele ficava com vergonha, botava a mão dele na minha cabeça para ele pressionar minha cabeça para uma garganta profunda, chupava as ovos, tirava da boca e batia uma e voltava a chupar, batia com o pau na minha língua e ele me manda voltar a chupar pois ele ia gozar, ele gozou na minha boca e eu continuei chupando, até que parei, ficamos sentados um pouco, depois eu fui lavar a boca e fui dormir feliz.

depois desse dia, toda vez que ele vem aqui, eu caio de boca no pau dele
Vou relatar num outro conto a vez que eu mamei ele na cozinha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.