Matando a saudade do primo casado

Oi, vou relatar uma coisa que aconteceu comigo no dia 4 de janeiro de 2020.
Nome Júnior ( fictício ) ,22 anos , 170 de altura , 80kg mais com uma barriguinha de cerveja.
Meu primo Lucas ( nome fictício) tem 29 anos, 175 de altura, 75kg, corpo de quem fazia luta e agora faz só academia.

Sete Sensações Anestésico


Bom vamos lá
Esse dia era aniversário do meu pai, eu já tinha transado com meu primo antes mais tinha uns 4 ou 5 anos que não rolava mais pois ele havia voltado para igreja e estava firme.
Mais ele se desviou e foi convidado para festa do meu pai para vir com as irmãs e irmãos do meu pai, ele chegou de carro e já começamos todos a beber, ele me chamou para comprar um energético dizendo que tinha um whisky na casa dele, perguntando se eu teria coragem de beber com ele, eu disse que sim então entramos no carro e fomos buscar, chegando lá no portão da casa dele, ele me entregou a chave e pediu para eu pegar que estava na cozinha, entrei e ele ficou me esperando no carro, peguei o whisk, voltamos para festa e bebemos o whisky, acabou o whisky ele disse que queria outro, perguntou se eu iria com ele no mercado comprar outro e aproveitar e comprar mais cerveja, apenas disse que sim e fomos no mercado enquanto a gente estava na fila do mercado ele começa a me falar da mulher que ele estava pegando que era casada, que tinha feito um vídeo transando com ela, nisso ele pegou o celular e abriu o vídeo para a gente vê na fila do mercado, ele ficou me mostrando e passando a mão no pau dele, aí falei para ele que tinha gente atrás dele que poderia está vendo o vídeo que era melhor ele tirar, aí ele fala pra mim “quem nunca fez isso”, pagamos e fomos de volta para festa, começamos a beber a outra garrafa e algumas pessoas da família já tinha ido embora e ficamos poucas pessoas em casa, aí todos entraram para sala para ficar escutando música na tv assistindo os clipes.
Fui na cozinha encher meu copo, meu primo chega ao meu lado e fala
Ele: pó eu esqueci a senha do meu aplicativo que escondo os vídeos, não posso perde me ajuda aí
Eu: você está bêbado, relaxa e respira um pouco que você vai conseguir
Ele: já tentei todas e não lembro
Eu : faz isso
Nisso ele foi tentando e conseguiu aí abriu as parte dos vídeos eu vi o vídeo que ele tinha me mostrado no mercado e tinha outro aí falei
Eu: tem outro vídeo aí, deixa eu vê
Ele abriu o vídeo e eu fui vendo e nisso ele foi passando a mão no pau, aí eu vi ele passando a mão no pau, ele olho para mim e falou
Ele: não quer matar a saudade não?
Eu não respondi nada apenas comecei a passar a mão no pau dele por cima da bermuda e olhando para vê se dava para alguém vê na sala, fui abaixando o short dele, ele começou a fala baixo pra mim
Ele: tô com tanta saudade dessa boquinha, desse cuzinho ..
Eu apenas fiquei quieto e abaixei coloquei o pau dele para fora e comecei a chupar ele na cozinha mesmo e ele com medo de alguém vir mais deixando eu chupar e olhando para os lados toda hora, chupei 2 minutos e parei pois era um lugar arriscado, minha tia aline (tia dele ) começou a falar que queria ir embora e ela iria para casa da mãe dele então ele que iria levar, ele me chamou para continuar bebendo com eles lá na casa dele, eu disse que sim e fomos para casa da mãe dele, ele mora em cima da casa da mãe dele com a mulher dele e o filho, o filho estava na casa das tias e a mulher chegando do trabalha na hora que chegamos.
Entramos e fomos para casa dele e sentamos na cozinha, eu , ele , minha tia aline ( tia dele também) e o marido da tia aline .
A mulher dele chegou , entrou no quarto guardou a bolsa e foi tomar um banho.
Começamos a encher nossos copos e começamos a beber, eu desci na casa da minha tia Lúcia ( mãe dele) para falar com ela, falei e quando ia subir ele estava na escada parado e mexendo no pau, comecei a chupar ele ali mesmo mais estava com medo pois alguém poderia aparecer na casa de baixo ou na casa de cima, chupei só um pouco e subi, ele tbm subiu, sentamos na mesa e continuamos a beber e a mulher dele saiu do banheiro, sentou com a gente depois foi para sala ficar com a cunhada dela, depois minha tia foi para a sala também pois não estava aguentando mais bebê e não queria falar, aí ficava enrolando com a cerveja .
Ficamos só eu , ele e o marido da minha tia na mesa, meu tio sentado na cadeira do outro lado da mesa mais de frente para gente mexendo no celular e eu e ele um de frente para o outro mais perto, meu primo começa a passar a mão no pau dele e coloca para fora do short, começou a balançar eu só olhando, ele falando alto .
Ele: e bonito né, tá fortão, não tá Junior?
Eu : fiquei rindo e concordei, tá bem forte mesmo
Meu tio sem entender nada fica quieto.
Meu primo não satisfeito fala para mim
Ele: pega esse negócio pra mim no chão
Eu: que negócio?
Ele : aqui
nisso apontando para o pau dele eu ohei e fiquei rindo e falei
Eu: ata
Me abaixei e coloquei a boca no pau dele, dei três chupadas e levantei..
Derrepente ele fala
Ele: júnior vai lá em baixo tirar a carne do churrasco para amanhã se você não encontrar você me chama
Eu: tabom
Desci as escadas e entrei na casa da minha tia Lúcia, todos já estavam dormindo, ouço um barulho na escada quando olho para trás ele abrindo a porta e derrepente ele fala
Ele: quero transar com você aqui agora rapidinho, abaixa o short rápido vai
Eu não respondi nada só abaixei o short, ele passou um pouco de saliva no meu cu e começou a encosta a cabeça do pau no meu cu, pincelando com a cabeça para passar um pouco daquele pré-gozo, ele começou a força de vagar para eu não fazer barulho , o pau dele deve ter uns 21 cm, e grande não muito grosso, mais também não e aqueles pau fino, e grossura normal de um pau de adulto com a cabeça grande rosinha ,
Ele começou a força e foi entrando de vagar com um pouco de dificuldade mais entrou a cabeça, eu gemi baixinho e fiquei parado empinando mais para ele por tudo, ele colocou tudo eu senti suas bolas encostando em minha bunda, aí ele começou a socar forte e eu ali parado com o pau super duro, comecei a falar no ouvido dele baixinho
Eu: soca tudo no seu priminho, soca gostoso mata sua saudade
Ele: que cuzinho gostoso eu estava com muita saudade, mais tenho que gozar rápido porque temos que voltar lá para cima.
Ele começou a socar mais forte, fazendo alguns barulhos eu fiquei com medo da minha tia aparecer e falei para ele não fazer barulho, ele fingiu que não me escutou e continuo, eu fiquei me masturbando enquanto ele socava, até que gozei, meu cuzinho começou a contrair no pau dele, até que ele começa a respirar fundo e soltar vários jatos de porra no meu cuzinho.
Nós dois ficamos parados com o pau dele no meu cu por um minuto até que o pau dele foi amolecendo e saindo nós limpamos correndo ele saiu do banheiro primeiro e foi subindo, eu terminei de me limpar e subi, ele perguntou
Ele: caramba júnior onde você estava? Fui lá em baixo vê se não tinha encontrado as coisas e não te encontrei
Eu: estava no quarto da minha tia falando com ela
Ele: ata pensei que tinha ido embora
Ninguém desconfiou de nada, voltamos a beber depois fomos dormi, no outro dia agimos normalmente e ninguém descobriu ..
Esse e meu primeiro conto, desculpa por ter ficado tão longo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.