Meu vizinho me pegou de jeito

Eu nunca tive olhos para ele, pois sempre o via bêbado e na maioria das vezes sujo do trabalho, mas um certo dia eu o vi sem camisa todo suado do jeito que eu gosto e ali começou a despertar um desejo por ele. Ele é meu vizinho, mora de aluguel numa casa próxima da minha, eu não sabia como chegar nele, sempre fui muito tímido pra essas coisas, até que um dia eu fui até o bar da rua onde ele costuma beber e comprei uma garrafa de vinho, eu bebo vinho e me transformo em outra pessoa rs.

Fui pra casa e comecei a beber, bebi toda a garrafa de vinho e fui para fora fiquei próximo a casa dele, quando ele desceu já bêbado eu fiquei olhando em direção ao pau dele, ele não retribuiu aos olhares, foi então quando eu tive a ideia de ajudá-lo a abrir a porta já que ele não estava conseguindo e eu estava em melhores condições que ele, naquele momento eu já fui passando a mão no pau dele e ele só fez rir, quando enfim eu consegui abrir a porta nós entramos e ele perguntou o que eu estava fazendo ali, eu respondi que queria brincar.

Abaixei a bermuda dele e comecei a chupar, ele segurou no meu cabelo e começou a puxar minha cabeça com força eu quase vomitei, chupei as bolas dele e ele se revirava de prazer. Depois disso eu tirei a roupa, ele me virou e me botou de 4, cuspiu no meu cuzinho e botou tudo de uma vez só, eu não sabia se gemia de dor ou de tesão, enquanto ele metia me xingava aos ouvidos, isso me deixava com mais tesão ainda. Depois ele me pegou de frango assado, foi quando a coisa esquentou ele segurava no meu pescoço e dava tapas na minha

cara dizendo você queria piroca safada? Eu respondia que sim e ele ia a fundo, eu fiquei quase 1 hora dando o cuzinho pra ele, já não aguentava mais foi quando eu me virei pra dar de 4 novamente e gozei. E o boy ali cheio de disposição e ainda não tinha gozado, eu só queria parar pois não aguentava mais, e ele me puxava e dizia vai ter que aguentar pirocada até o final, depois de uns 20 minutos ele gozou igual um cavalo, fiquei sujo de porra até a alma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.