Novinho pirocudo me enrabou gostoso na praia

Ontem pela noite umas 19:00h enquanto navegava pelo Grindr, avistei um usuário com o nome bem chamativo sendo ele “grupo sexo-hoje”, claro que fiquei bastante interessado e logo chamei o tal user para conversar. No decorrer da conversa, vi que além do nome estampado na minha cara se travata de um grupo de wpp que estava com uma foda marcada para aquele dia, no caso 20/12. Em meio a tudo isso, perguntei se poderia participar, o mesmo disse que sim, mas estava muito em cima da hora e me perguntou informações básicas, como: onde moro, idade, trocamos fotos e zap , coisas do tipo. Com todas as informações dadas, ele me passou o local onde todos iriam se encontrar, e me alertou que caso eu me interessasse por alguém e quizesse tranzar era só ir para uma parte discreta do local. O local era praia do Pina, bastante conhecida aqui em Recife.

Sete Sensações Anestésico

Volta e meia, lá estava eu no banheiro me aprontando às pressas, mas sem deixar nenhum detalhe escapar, depilar, chuca, escovar os dentes e me perfumar. Ousadamente decidi ir sem cueca para facilitar o trabalho, ja que se tratava de um lugar público. Rapidamente chamei um Uber e coloquei as informações necessárias no app, logo após isso fui com o cú na mão falar com minha mãe, coisa que deveria ter feito antes de ter solicitado o carro. Chegando próximo dela e sem tirar os olhos do celular que me alertava que faltavam 3 minutos para o carro chegar, avisei educadamente que iria sair e talvez dormir na casa de uma amiga no centro da cidade. Inusitadamente ela concordou e só disse para eu tomar cuidado. Essa foi a deixa para o Uber buzinar em frente a minha casa e eu sair em disparada a caminho de uma das aventuras que seria a mais épica que já participei. Já dentro do carro, pedi de maneira bastante educada para o motorista acelerar o veículo, pois eu tinha pressa para um compromisso, o mesmo super gentil, concordou e tacou velocidade no automóvel. Cerca de 30 minutos se passaram e ja eram 20:15, o horário marcado que não cheguei a citar foi 19:50, mas eu ainda tinha esperança que tivese alguém lá me esperando. Enfim cheguei , pago o motorista e saio andando em direção ao local marcado. No caminho me deparo com um grupo de 3 garotos que rapidamente começaram e me encarar e cuchichar entre sí, logo pego meu celular e ligo para o rapaz com quem eu tinha falado. Notei que assim que o cara atendeu, um dos garoto também atendia uma ligação, e quando falei e observei bem, eu estava falando com ele e o mesmo estava na minha frente. Logo fui em direção a eles e ao me aproximar mais, vi que eram garotos da mesma idade que eu, sendo só um deles mais velho, tendo cerca de 24 anos e os outros 18/19 anos assim como eu. Meio sem graça me desculpei pela demora e perguntei se só eram eles, os mesmos afirmaram que não e que a outra parte do grupo já estava fudendo pela praia que por sinal estava meio deserta e com alguns pontos bem escuros, perfeitos para uma transa louca. Um dos garoto logo começou a puxar assunto comigo, o mesmo se chamava Miguel, ele era lindo, cabelos pretos, mesmo peso que eu, altura também só uns 2 cm de diferença, branquinho e tinha olhos castanho mel. Eu fui me interessando e quando notei já estávamos caminhando pela praia conversando sobre várias coisas, mas ele sempre sem perder o foco da foda. Miguel disse que pediu a seus amigos que ficassem com ele me esperando, pois estava interessado em mim, porque minha foto foi jogada no grupo do zap e ele afirmou que mais uns 4 garotos também ficaram interessados, mas não conseguiram ficar muito tempo esperando e foram transar com outra pessoa. Ouvindo aquilo, a primeira coisa que fiz foi me desculpar mais uma vez

Eu – Desculpa, não queria ter demorado muito.

Miguel – Não se preocupa, foi bom para a concorrência vazar kkks.

Eu – Espero que eu possa compensar a demora de alguma maneira.

Miguel – Claro que pode, meus 20 estão te esperando alí naquela parte escura.

Fiquei meio sem entender, pois achava que tinham 20 caras lá esperando ele para me enrabar, logo fiquei com medo, eu não daria para 20 caras de jeito nenhum. Vendo minha reação de medo ele solta

Miguel – Ei, não é tão grande assim, mas é bem grossa, pelo menos ninguém nunca reclamou de dor.

Eu – Ahh é isso!

Miguel – Do que achou que eu tava falando ?

Eu – Nada não, vamos.

Vendo minha atitude que mudou derrepente, Miguel em todo o caminho percorrido até o ponto escuro pegava em seu pau, apertando o mesmo que parecia ficar cada vez mais grosso e fazer mais volume naquela bermuda. Ao chegarmos lá, Miguel logo coloca seu pauzão para fora e o bixo era muito grande mesmo, talvez um dos mais grossos que eu já enfrentei, realmente tinha 20cm, era comprido e muito, mas muito grosso. No entando, como sou poc guerreira, logo iniciei um boquete intenso naquele mastro que pulsava sem parar, Miguel delirava a cada vez que seu pau encostava em minha garganta, as vezes até pressionando-o contra minha garganta para que fosse mais a fundo. Claro que cheguei a engasgar várias vezes, mas como sabia que alí era um local público, me apressei e pedi para ele me enrabar, sem nem mesmo esperar Miguel me vira e abaixa minha bermuda vendo que estou sem cueca, enlouquecendo-o cada vez mais, fazendo o mesmo dar um tapão na minha bunda e sarrar seu pau na no meu cuzinho, logo após sacando uma camisinha que estava em seu bolso e encapando o bixão. Simplesmente posicionando meu corpo de maneira que eu ficasse olhando para o chão de pé, dando uma mera cuspida para lubrificar seu pau e segurando em meus ombros e pedindo para que eu mordesse sua mão que tampava minha boca Miguel coloca todo seu pau de uma vez em mim, sendo uma dor terrível, pois parecia que meu cú só queria expulsar aquilo tudo de dentro de mim, nesse momento mordi a mão dele com muita força, mas o mesmo nem se importou e ficou um tempo lá dentro até que eu me acostumasse um pouco. Porém o tempo era pouco e talvez pudesse passar alguém por alí e Miguel inicia o vai e vem, dando fortes estocadas, batendo seu saco em minha bunda e se uniram o barulho das estocadas e o barulho do mar. Meu grito que ja estava abafado, parecia ficar menos intenso logo começando a gemer igual uma vadia. Miguel era um magrinho potente, acelerou as estocadas o mais rápido que pode fazendo com que eu aumentasse meus gemidos cada vez mais, ele estava me fazendo delirar, com tudo aquela situação arriscada e praseroza acabei gozando muito na areia e com isso meu cuzinho começou a fechar cada vez mais, ficando apertadinho e dando fortes contraidas. Isso foi o necessário para que Miguel desse um baita gemido, capaz de ser ouvido por qualquer pessoa que passasse por perto dali. Ele tirou seu pau de mim tremendo, e quando tira a camisinha vem a surpresa, a danada rasgou, ou seja, toda a porra que não foi pouca estava toda dentro de mim e ele me pediu desculpas, afirmando que não tinha nada e que se eu quizesse ele poderia fazer exame junto comigo, claro que eu topei, pois isso é essencial. Mas naquele momento eu disse para ele repaxar e logo me ajoelhei naquela areia fria e limpei todo aquele pau que estava com um pouco de gala, ele foi a loucura e após isso me puxou, fazendo com que eu instantâneamente me levantasse e me tascou um baita de um beijo. Ficamos ali por um bom tempo, já com asrespectivas bermudas no lugar certo e nos bejamos pelo resto da noite, com algumas mãos bobas, e alternativamente mamando um ao outro.

Acho que sai de lá por volta das 00:00, foi bem insano, depois de lá ainda bebemos um pouco e ele me levou até em casa, chamei um Uber e ele disse que me acompanharia, afirmou que queria que eu chegasse em segurança em casa. Cheguei a questionar sobre a distância, mas Miguel disse que não seria problema a distância e completou dizendo que tem um amigo que morava perto.

Gente espero que gostem, cado a resposta seja positiva votem e compartilhem com seus amigos aqui do site. Me desculpem pelos erros de ortografia.

Caso o conto venha ter um bom engajamento, vou fazer de tudo para amanhã contar a vocês oque vai acontecer hoje pela tarde na minha foda que marquei com o Miguel e esse seu amigo. Espero que seja tão boa quanto essa na Praia. Caso seja, conto a vocês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.