Dando para o primo presidiário

Ola amigos depois de muito tempo volto a escrever espero que gostem. Bom estava eu na minha nova casa onde moro agora em outro bairro quando recebi uma ligação da minha tia perguntando se poderia receber por alguns dias meu primo ex presidiário que sairia da cadeia e não tinha lugar pra ficar eu disse q sem problemas mas confesso que fiquei receioso mas como ela disse q seria apenas uns dias concordei sem contar que não poderia negar esse favor a minha tia que tanto me ajudou. No dia seguinte minha tia chegou a minha casa com o meu primo era um rapaz forte branco bonito cabelo raspado pois estava na cadeia né minha tia me

Continue lendo… “Dando para o primo presidiário”

Segurança do Shopping

Sou moreno tenho 1,75 80kg malho pernas grossas boa pinta, uso barba tenho cabelo liso que uso topete, esse sou eu rs
Bem vou contar o que aconteceu comigo na semana passada, eu estava no trabalho ( trabalho em um shopping aqui em Goiania ) e sempre soube que rola putaria nos banheiros.
Pois bem resolvi ir ver se era verdade mesmo, e pra minha surpresa e frustraçao nao tinha ninguem a nao ser um segurança que sempre fala um oi

Continue lendo… “Segurança do Shopping”

Dois amigos militares do meu irmão

Então me chamou Bruno essa do estado do Acre tenho 19 anos e tenho 1,69 de altura sou gordinho e o que vou relatar agora aconteceu meses depois da transa com o amigo militar do meu irmao ( conto anterior).
Bom, vamos ao conto, depois de dois meses q havia transado com o amigo militar do meu irmão eu finalmente pude dar pr o mesmo, estavamos apenas eu e minha irmã em casa ( mamãe havia viajado), até que meu irmão chega com 5 amigos dele do quartel, avisou que os mesmos iriam passar dois dias aqui em nossa casa, pois em dois dias teriam missão e ficaria

Continue lendo… “Dois amigos militares do meu irmão”

Garoto da academia e seu amigo

Me chamo Rafael, fiz 21 anos em dezembro e todos os contos que conto aqui são reais…
Tenho 1,80 de altura, 79kg, branco e cabelo curto, jogo bola e faço natação então o corpo tá em dia.
Depois de muito tempo eu vim trazer a continuação do que aconteceu depois que eu comecei a fuder com o Diego (18 anos, um belo pau e magrinho definido)…
Fazia umas 3 semanas que eu conhecia ele e estávamos fudendo sempre após o treino na minha casa ou na dele quando os pais não estavam, até o dia em que ele me mandou uma mensagem

Continue lendo… “Garoto da academia e seu amigo”

Vizinho novinho e os amigos tesudos

Me chamo Antônio, sou branco, 45 anos, 1,85 mt, corpo atlético, sou o tipo discreto, tenho uma vida saudável, moro no litoral sul da Bahia, numa cidade turística. Meu trabalho me permitiu cedo viver de renda e vir morar a beira mar como sempre quis. Já fui casado e agora solteiro sempre que posso realizo meus desejos sexuais, meu tesão em ser passivo pra outro macho.
Um vizinho muito gostosinho de um 19 anos, sempre que eu o via na área da piscina da casa dele da janela do meu quarto, eu dava aquela manjada. Ele mostrava gostar, pois passou a usar cueca branca, mijar no jardim, fazendo questão de mostrar uma deliciosa rola grossa. Uma vez

Continue lendo… “Vizinho novinho e os amigos tesudos”

Pedi comida em aplicativo e ganhei uma rola

Primeiramente contar que quando lia contos do tipo achava que eram fantasias.
Enganei-me! Ocorreu hoje.

Começou que viajaram todos de casa, então acordei por volta das 10h numa fome desgramada, louco para os aplicativos começarem a entregar comida (delivery).
Por diversas vezes ja havia pedido delivery e sempre apareciam uns carinhas feios.
Essa entrega foi diferente, por volta das 12h já havia pedido e estariam entregando logo mais.
Tocou a campainha e vi no interfone o motoqueiro do delivery, acionei o portão e pedi para colocar a moto para dentro por conta da rua deserta e perigo na certa naquele horário.

Continue lendo… “Pedi comida em aplicativo e ganhei uma rola”

Batendo punheta com meu irmão

Sou Felipe, tenho 21 anos e quero contar das vezes em que eu e meu irmão mais velho (25 anos agora) batíamos punheta juntos no nosso quarto sem inibição alguma.

Antes de meu irmão se casar e sair de casa, a gente dividia o quarto, desde sempre a gente tem muita intimidade, tomávamos banho juntos até certa idade, conversamos sobre sexo e nossas trepadas por aí, adorava ouvir ele me contar de como comia as meninas do bairro, ficava excitado imaginando meu irmão como um macho comedor e isso me causava sonhos eróticos com ele, um tanto incomum, eu sei, mas isso fica guardado comigo e eu adoro homenagea-lo numa bela punheta.

Continue lendo… “Batendo punheta com meu irmão”