Sendo Encoxado no trem

Moro em São Paulo, tenho 1,76m, peso 79kg, moreno claro, bunda grande, passivo mais discreto nas minhas aventuras.
Ontem resolvi voltar pra casa de trem. Trabalho próximo a estação Carrão do metrô e sempre volto de ônibus. Bom, ontem resolvi que iria de trem, peguei o metrô e voltei uma estação até o Tatuapé onde há baldeação para a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) pra quem não é de São Paulo se situar, rsrsrs. Meu trem vem da estação da luz passando pelo Brás e ao chegar no Tatuapé dependendo do horário já vem muito cheio, como saio do trabalho as 14hs sempre tá de boa.

Ontem tava com o fogo do rabo aceso mais mesmo assim decidi que ia direto pra casa. Ao chegar na plataforma pra esperar o trem notei que tava um tanto cheia, os trens estavam com maiores intervalos. Ai fui pra onde tinha mais gente pra quem sabe algum macho encostar em mim.
Quando chegou o trem, as pessoas começaram a entrar sem ao menos esperar os que iam descer. Fui empurrado pra dentro e naquele frenesi pra me segurar acabei segurando a mão de um cara que já tava dentro do vagão. Ao tocar na mão dele nossos olhares se cruzaram e rolou aquela encarada, pedi desculpas e segurei o ferro retirando a mão de cima da dele, como tava cheio e nossas mãos ficaram uma do lado da outra era inevitável não nos tocarmos, assim que o trem começou a andar senti ele roçar o dedo mindinho em minha mão, achei que era coincidência mais senti a maldade do garoto, kkkkk. Passamos a nos encarar e eu com vergonha desviava o olhar, não demorava muito e encarávamos de novo. Mais alguns minutos e as pessoas tentando se acomodar. Eu com vergonha fiquei de lado e ele tentou se ajeitar de forma que o pau dele começou a roçar em minha perna. Quando senti que tava ficando duro confirmei a maldade dele e virei o rosto pra porta, liguei o foda se e me ajeitei com o rabo virado p ele. O garoto entendeu o recado e se posicionou atrás, nossa que delicia sentir aquele pau no meio da minha bunda, quando o trem dava um tranco ele apertava com força.
O vagão tava cheio então ninguém percebia nada, eu com um tesão do caralho só queria que aquela viagem não acabasse tão rápido. Ele começou a respirar forte no meu pescoço e até soltou um, que rabo gostoso da porra.
Quando chegou em Itaquera onde desce muita gente e o trem ficou mais vazio ele desgrudou de mim e se encostou na porta, fiquei de frente pra ele e olhei pra baixo onde pude vê o pauzão marcando na calça social. Ele passou a me encarar de novo mais dessa vez eu já não sentia vergonha, só vontade de pegar naquele pau gostoso. Ele desceu na próxima estação e ainda olhou pra trás duas vezes antes da porta se fechar e o trem seguir viagem.
Não precisa nem falar que cheguei em casa e gozei duas vezes seguidas imaginando aquele pau na boca e enterrado no meu cu. Só de lembrar já tô com o cu pegando fogo.
Bjo seus putos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.