Sexo com os irmãos

Meu amigo planejou uma festinha de aniversario em uma chácara, La tem piscina, campo de futebol, churrasqueira e um pomar com muitas arvorem frutíferas, no dia fomos pra La, tinha uns 50 pessoas +- muitos conhecidos e muitos que eu ainda não conhecia, me chamou a atenção uma garota, loira 1.80 de altura seios fartos e um bumbum arrebitado delicioso, muito gata, e por ironia do destino acho que também chamei a atenção dela, pois passou horas me paquerando e eu a ela,quando um amigo notou nossa troca de olhares deu um jeito de nos aproximar e nos deixou conversando sozinhos logo em seguida,depois de um bom papo perguntei a ela se passaria a noite ali na chácara ou se ia pra casa e ela disse que ainda não tinha decidido, então disse a ela que ficasse, pois eu ia ficar por ali mesmo e ela topou,disse que ia comunicar o irmão que ficaria e fomos atrás do irmão, como eu estava tomando muito liquido disse que ia ao banheiro e logo me juntaria a ela,quando sai do banheiro ela já me esperava e disse que já havia falado com o irmão e que ele tmb ficaria,já se passava das 22 horas e nos ainda estávamos de roupas sumarias eu de sunga e ela de biquíni, então

Sete Sensações Anestésico

resolvemos entrar na piscina, e La fomos, entramos na água que já começava a ficar fria e eu cheguei bem perto dela e dei lhe um abraço e já comecei a beijá-la, fomos para um canto da piscina que era mais raso e ali ficamos nos pegando, ela passava sua perna em minha mala e sentia o pau já duro, eu apertava seu corpo contra o meu e sentia seus seios durinhos no meu peito, em dado momento tirei meu pau pra fora da sunga e tentei puxar a calçinha do biquíni para o lado pra encaixar o pau, nesse momento um cara pulou na piscina nos assustando, pois estávamos distraídos, então guardei o bicho e saímos da água e fomos em direção ao pomar, La tava bem escuro e não havia ninguém, pra ver se continuávamos nossa brincadeira,

encontramos uma mangueira e tinha uma tabua encostada nela, (acho que puseram pra facilitar subir na arvore) e foi Ali encostados naquela tabua que continuamos a pegaçao, a calcinha do biquíni era amarada nas laterais o que facilitou a retirada, mandei que se virasse e ficasse com a bunda virada para mim ela obedeceu e eu passei a lamber suas costas e fui descendo ate seu cuzinho onde dei umas linguadas gostosas fazendo com que ela gemesse alto de prazer, depois mandei que se virasse novamente e mamei seus seios, desci ate sua bocetinha e meti a língua fazendo com que ela gozasse quase aos berros, depois trocamos de lugar e eu encostei-me à tabua e ela mamou meu caralho que a essa altura estava todo melado, sugou com tal volúpia

que não demorei a gozar em sua boca, então nos abraçamos e ficamos no amasso por um tempinho,quando o pau estava novamente em ponto de bala ai foi a vês de enfiar naquela boceta gostosa e levá-la a loucura de tanto gozo,pela reação e pelo que disse depois acho que chegou a gozar uma três vez em meu cacete, eu tmb dei uma bela gozada ai colocamos a roupa e voltamos pra festa.

La pelas 2 da madrugada resolvemos ir dormir um pouco e descobrimos que meu amigo havia colocado nossas coisas em um mesmo quarto, ele veio ate mim e me disse que tinha feito isso pra eu me divertir um pouco (coitado) porem o que não esperávamos era que o mano que eu ainda não conhecia também resolveu dormir no mesmo quarto; o mano era um cara alto cabelos avermelhados porte atlético desses fanáticos em academia, olhos acinzentados, bem simpáticos. Bom tomamos banho e fomos para o quarto, que estava equipado com apenas um colchão no chão, e uma cômoda pequena, então o mano descolou mais um colchão sei La onde e trouxe para o quarto, eu me deitei em uma beirada, do colchão o mano veio e se deitou no

meio e a Irma ficaria na outra beirada, mas como achou injusto jogou o mano pra beirada e ficou no meio, não demorou muito e houvi o mano ressonando, o que significava que já havia apagado então parti pro ataque, puxei a garota pra cima de mim e começamos a nos beijar, não deu 10 minutos e já estávamos sem roupa, e ela sentada sobre minha barriga e nos beijando, eu estava deitado de costas com os joelhos dobrados e ela sobre minha barriga, e nesse momento senti uma Mao percorrendo minha bunda, chegando ate meu saco achei estranho, pois ela estava com as mãos nos meu ombro, foi quando percebi que o mano havia acordado, dei um sinal a ela que olhou para o irmão deu um sorriso e voltou a me beijar, bom já que era assim então borá La né, abaixei as pernas e senti minha rola ser sugada ao mesmo tempo em que um dedo procurava meu cuzinho, então resolvi que tinha que aproveitar esse momento mágico, coloquei a garota deitada, levantei suas pernas e cai de boca em sua xoxotinha enquanto o mano caia de boca em meu cuzinho puxava meu pau para traz e sugava feito um bezerro, na

posição que eu estava logo senti o pau dele encostando na entrada do meu cuzinho, eu chupando a boceta dela e ele metendo no meu cu, logo ela gemeu forte em sinal de que havia gozado e o mano não demorou a deixar seu leite dentro de mim, mudamos a posição agora eu deitado de bruços ela sentou em minha vara e ele veio sentou em meu peito e colocou seu pau em minha boca e eu chupava ele e tinha o pau engolido por ela ate que gozamos os três;
Depois de gozar ela saiu do quarto dizendo que ia tomar um ar, pois estava muito calor, assim que ela saiu seu mano veio por cima de mim e me beijou avidamente, me fazendo ficar com o pau duro novamente, deitado sobre mim encaixou meu pau no meio de suas pernas e retesava a coxa apertando meu pau (adoro quando fazem assim) e assim ficamos por um tempo, depois

sai de debaixo dele e pedi que se deitasse de bruços ele deitou e eu meti a língua em seu rabinho que ele alegava ainda virgem (sei) enquanto eu metia a língua em seu cu ele afundava a cabeça no travesseiro para abafar seu gemido (foi ai que me lembrei que a casa estava cheia rsrsrs) deixei seu cuzinho bem molhado com minha saliva fui subindo pelo seu corpo ate que meu pau se direcionou em seu cu e fui colocando devagar (acho que era mesmo virgem pela dificuldade em entrar nele) quando a cabeça passou ele deu uma contraída no cu que chegou a doer à cabeça da minha rola, mas continuei a investida ate que todo o pau estivesse dentro dele, dei um tempinho com o pau entalado nele e depois comecei a bombar, nesse momento a garota retorna para o quarto, entrou fechou a porta e se juntou a nos, seu irmão foi erguendo o corpo ate ficar de joelhos ela então entrou por baixo dele e começou a chupar seu pau que

estava mole, mas que foi endurecendo logo enquanto eu bombava no cuzinho dele ela o chupava e subia passando a língua no cu dele e no meu saco, logo eu e ele gozamos feito loucos, ficamos alguns minutos deitados e depois saímos um a um para o banheiro tomar um banho.
Quando acordamos e saímos do quarto foi um fuzuê danado, pois alguns que estavam acordados ouviram alguns barulhos em nosso quarto e ficavam nos perguntando e querendo tirar onda com a nossa cara, mas foi uma tranza que jamais vou esquecer-me de tão gostosa
Depois disso vi o mano mais algumas veses, mas a garota ficou noiva e não tivemos mais oportunidade de fazer nada.
Se gostarem do conto curta e vote, abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.