Sexo com pauzudo comedor de casados

Olá pessoal tudo bem? Conforme já me descrevi anteriormente, sou casado, 1,62 de altura, 65kg, peito peludo, coxas grossas, cavanhaque, tenho 38 anos. Lá vai mais um conto:

Sete Sensações Anestésico

Essa situação aconteceu no ano passado, na verdade não foi nada casual, eu estava , realmente à caça, então procurei o aplicativo Grindr. O apelido do cara já era bastante chamativo “22 cm” . No perfil era descrito que era comprometido com mulher, discreto e ativo. Era mais alto que eu, nem gordo nem magro, branco, sorriso de safado, o cara era bonito Já me interessei, pois curto ficar com caras , também, que curtem bucetas, com jeito de macho mesmo. Eu tava em casa, em

um sábado qualquer e disse para a esposa que ia ao supermercado, era fim de tarde, então, marquei com ele para nos encontrarmos…não tínhamos local, então fomos para um um local bem reservado, um loteamento em construção. Eu tava de moto e ele também. Entramos em uma das casas em construção. Chegamos lá, ficamos um pouco apreensivos e tímidos com a situação. Mas tomei a iniciativa e encostei ele na parede e comecei a roçar o meu volume no volume dele. Eu disse pra ele q tava muito bom, ele sorriu. Tentei beijá-lo mas ele não curtia

beijos e ficamos roçando um tempo. Passei a mão nas coxas dele, como ele tava de camiseta regata fui logo passando a língua no suvaco dele, vi q ele tava bem cheiroso, tinha acabado de tomar banho. Então, disse pra ele que queria conhecer o “instrumento ” dele e desci o short dele. Me deparei com um pauzão mesmo, fiquei impressionado com o tamanho, mas achei muito bonito e fiquei com muito tesão quando vi; tinha , realmente, o tamanho informado no perfil. Não teve outra, abocanhei o cacete dele com muita vontade, beijei as coxas dele, passei a língua no saco, desci pra virilha. Disse pra ele q queria ver a bunda dele, ele virou na mesma hora…q bunda linda!….comecei a beijar, dei umas mordidinhas e não teve jeito , chupei o

cuzinho dele com muita vontade, eu nunca tinha feito isso, foi muito prazeroso, o cara só se masturbava e gemia enquanto eu fudia o cu dele com a lingua. Ele se virou e disse: ” Vc me deu muito tesão, agora quero te comer”. Virei de costa , ele tirou toda a roupa que restava , me encostou na parede e me penetrou, no início senti uma certa dificuldade pra aguentar mas depois o prazer tomou conta, quando vi tava todo preenchido com aquele pauzão..ele foi

mentendo, mentendo…até q gozei sem pegar no pau…esperei ele gozar , nos vestimos e saímos do local. Depois disso, cheguei a vê-lo em uma sorveteria, ele tava com a família dele e eu com a minha, nos olhamos discretamente. Depois perdemos o contato e nunca mais aconteceu. Mas posso dizer, que sempre quando vou tomar banho , lembro disso q aconteceu e bato uma punheta imaginando. Tô escrevendo aqui de pau duro…kkkkk..Foi inesquecível!

Até mais seus putos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.