Traindo meu amante com seu irmão

Como aconteceu no conto anterior, trai meu amante com seu irmão bandido. No domingo amanheci com o corpo doendo, ainda resultado da foda com Isaías. Tinha hematomas pelo corpo todo. Era cinco horas daanga, e me chamam no portão, era Isaías, estava com cheiro de bebida e parecia drogado.
Entrou em casa, foi para sala, e perguntou se o irmão apareceu. Disse que não e que eu estava me recuperando do nosso último encontro.

– É mesmo puto? Deixa ver- me puxou, jogou no sofá e rasgando minha cueca, e enfiou os dedos no meu rabo.
– Tira ! Tô dolorido de mais- pedi em vão- ele então me pega pelo pescoço, me beija e fala que tinha tentado trepar com um vagabunda da rua, mas só lembrava da putinha dele e do irmão e ia gozar de novo.
Implorei para ele ir embora, mas o canalha estava com desejo de me furar até a alma.
Ele abriu a calça, tirou a sua vara grossa e veiuda e enfiou na minha boca .
– Vadia, puta, minha tara, meu caso, me faz feliz- me agarrou, me pegou pelos braços e levou para cama.
La ele me abriu as pernas, abriu bem meu rabo e começou a fazer um cunete delicioso em mim.
Gemi igual cadela no cio e pedir para ele me comer logo. Antes de fuder meu cu, ele mamou meu pau. Me deixando ainda maus louco de tesão.
Então me coloca de frango assado e mete sem dó no meu rabo. Foi um grito de dor, e ele segura minhas pernas e faz o movimento de vai e vem no meu cu. Eu estava sendo dominado por ele, sentindo a cada centímetro sua força, virilidade, igual uma ordinária de beira de estrada.
Trocamos de posição, sentei na pica dele, e o beijava com força. Ele apertava meus peitos, e eu dava tapas na cada dele que sentia mais tesão em mim.
Ficamos trepando ate o dia amanhecer. Ate ele avisar que ia gozar no meu rabo. Me colocou de quatro e gozou sem encostar no pau. E caiu com o corpo em cima de mim.
Sentir sua porra inundar meu cuzinho e ele dormiu dentro de mim de novo .
Já era meio dia quando levantamos, ele falou que o irmão dele não ia aparecer pois tinha uma festa da igreja dele para ir e eu teria que aguentar ele o dia inteiro.
Então fomos tomar um banho, fodemos no banho, na sala, o dia todo. Ele não ficou só no dia, foi Bora segunda de manhã, leve e com pau mole, e eu fui trabalhar todo rebentado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.