Trepada intensa com Militar Dotado

E ae pessoal! quanto tempo não é? nossa tava olhando aqui meus contos e vi que ja faz muito tempo que eu escrevi uma das minhas vivências loucas para vcs… A ultima vez eu tinha 23 anos e agora eu tenho quase 25. Muita coisa mudou, mas não a minha tara por macho de farda. Bom sem mais eu vou só fazer um breve apanhado de como eu sou fisicamente, ja que faz tempo que apareci por aqui. Bom eu me chamo Thiago Santanna estou com quase 25 anos, ainda moro só no mesmo condomínio das ultimas histórias que contei. Sou branco 1.70mt , meu corpo ta super de boa… eu não sou saradão mas tbm não sou tão desleixado tenho as coxas e bunda grande 18 cm de pau. Então! vamo nessa… to super animado em escrever esse conto pra vcs, espero que gostem e sintam o mesmo tesão que senti quando isso me aconteceu.

Bom, foi no natal do ano passado, como eu falei pra vcs quando eu tinha 23 anos eu consegui comprar minha casa em um condomínio nos arredores da cidade que moro. Como eu moro só, e minha família é louca por festas ne natal e fim de ano, geralmente eles convidam parentes que eu não sabia nem que tinham. Minha mãe como sempre convidou um sobrinho dela que morava muito distante da gente e que tinha vindo a serviço pra nossa cidade. Eu não fazia ideia de quem era, mas se era sobrinho da minha mãe tecnicamente era meu primo, distante mas era meu primo. E como na casa da minha mãe estava lotada de parente ela perguntou se ele poderia ficar na minha casa, pq ele era tímido e iria se sentir mais de boa comigo, pq eu sou homem e na casa da minha mãe ia ficar as tias velhas e as meninas. Enfim eu nao gostei muito da ideia pq eu sou muito chato com a minha casa, tava com receio dele ser uma pessoa bagunceira, enfim! Depois de muito tentar ela me convenceu, eis que chegou dia 23 de dezembro e esse rapaz foi liberado do serviço até dia 02 de Janeiro. No dia 24 pela manhã acho que umas 9:30 por ai acordei com a ligação da minha mãe dizendo que ela ia levar o rapaz pra minha casa por volta de meio dia e que eu preparasse o almoço por ela ia almoçar junto comigo e o sobrinho. Achei um saco ter que fazer isso, óbvio! ja pensei nossa que folgado, o cara vem pra minha casa e ainda querem que eu alimente. Enfim deu 12:30 mais ou menos e o porteiro ligou avisando que minha mãe estava entrando no condomínio. Eu ja estava esperando a séculos eles, quando finalmente chegaram na porta da minha casa minha mãe tocou a campainha e eu fui abrir a porta. Quando eu abri a porta só vi minha mãe e perguntei, cadê o folgado? Ela respondeu ta ali no carro tirando as malas. Ela entrou e ele abaixou a porta do porta malas e cara eu fiquei sem reação quando eu vi aquele homem… Ele era simplesmente LINDO demais, ele tava com uma calça preta apertada, botas, e uma camiseta camuflada, com as mangas quase rasgando tamanha largura do braço, tinha o cabelo raspado de lado e bem curtinho em cima, aproximadamente 1.80mt e era muito musculoso. Ele veio em minha direção e estendeu a mão, me deu boa tarde e disse que era muito bom me conhecer e que não ia dar trabalho. Eu pensando que nada cara, vc pode dar o trabalho que vc quiser, mas mantive a pose. Fui mostrar o quarto dele, pra ele se instalar e fomos almoçar. Durante o almoço ele nos contou que tinha vindo a cidade, pois tinha sido transferido de quartel ( obvio que ai eu percebi que ele era militar) e que tinha vindo fazer um serviço na cidade e que ele e outros colegas tinha sido transferido junto com ele, mas os colegas ficaram no quartel pq nao tinha familia ( eu só pensava se ele forem iguais a vc chama tudinho pra ca que a gente se vira). Enfim passou o almoço minha mãe foi pra casa e ele foi tomar banho. Eu estava louco pra ter aquele cara de qualquer jeito pra mim… e ia fazer de tudo pra meter ou ser fodido por ele… não queria saber se era hetero, gay, bi, o que fosse… eu queria aquele macho pra mim. Assim que ele terminou o banho eu escutei ele falando no telefone com alguem. Ele dizia, ” Então cara, eu to na casa de um primo meu aqui, bem reservado, ele é gente boa, mas eu queria estar com vc. Eu não acredito que esse ano nossa trepada de Natal ao ar livre não vai acontecer” Eu fiquei em choque, eu nao tinha certeza se ele estava falando com uma menina ou outro cara, eu simplesmente fiquei de pau duro na hora quando eu ouvi, meu coração acelerou e por um momento eu senti que eu ia me dar bem com a visita daquele cara. A noite chegou e fomos pra casa da minha mãe pra ceia de natal. Gente pra caralho, as tias e tios tudo, as primas e primos muita gente. No caminho conversamos um pouco e pegamos mais intimidade. Só que durante a ceia ele passou muito tempo no telefone e só parou de falar, acredito que no whatsapp quando a ceia foi servida. Depois que jantamos eu me aproximei dele pra nao deixar ele voltar pro telefone, pra ele nao se sentir tão só, afinal ele só conhecia os tios e tias né. Ahhhh to me lembrando de um detalhe que esqueci de comentar, o nome dele é Henrique, mas ele era conhecido pelo sobrenome dele (não vou falar kkk). Então nao vou esticar muito. Por volta das 2:00 da manhã voltamos pra casa, conversamos bastante no caminho de volta. Quando chegamos em casa ele disse que ia tomar banho e eu fui pro meu quarto, só que como no quarto de hospedes nao tinha banheiro e no meu sim, eu perguntei se ele nao queria tomar banho no eu banheiro ja que tava um pouco frio de madrugada e no banheiro social nao tinha chuveiro com agua quente. Ele aceitou de boas e foi ai que eu meio que entrei em ação. Antes dele entrar no chuveiro eu vi que ele mandou mensagem pra alguem e eu como sou muito observador, observei ele colocando a senha no telefone dele, ele deixou o telefone em cima da mesinha do meu quarto e foi pro banho e eu fui direto pro telefone dele. Coloquei em modo avião pra ninguem ver que eu fiquei online no whatsapp dele e por ventura nao vizualizar mensagem e ficar com os dois tracinhos azuis ( fika dika meninxs, tutu pom?) e quando eu peguei o telefone dele eu vi que ele tava conversando com um cara que tbm era militar pela foto do perfil, e a conversa dele era a seguinte – ” que tava com muito tesão, que tava sentindo falta da pica e do rabo dele, que de qualquer jeito ia aliviar o tesão, ja que estava na casa do primo dele e não queria chamar outra pessoa pra ir la, e que viu minha bunda e achou deliciosa, mas nao deixou perceber caso eu nao gostasse” desativei o modo avião e travei o telefone. Ai foi que eu tive a certeza que eu ia foder com aquele cara naquele dia. Tirei a calça e fiquei só de cueca esperando ele sair do banho, peguei uma toalha e coloquei perto de mim, tipo ” ah, to esperando vc sair do banho pra eu tomar o meu einh” fiquei em pé em um angulo que ele pudesse ver meu rabo bem e dei aquela empinada mortal… quase um S minha coluna fez kkk brincadeira, ele saiu do banho de toalha e deu de cara com minha bunda, eu escutei quando ele disse baixinho “Eita porra!” ai o meu sorriso foi de orelha a orelha e ja sabia o que ia rolar, então ele foi pro quarto dele botar a roupa e depoi voltou pro meu quarto pra pegar o telefone que tinha esquecido, só que eu ja estava completamente nu no meu quarto. Ele ficou todo sem jeito quando viu, e eu disse besteira cara, o que eu tenho vc tem tbm. Ai ele falou baixinho “Menos o rabão” ai eu disse “Não entendi, que foi?” Ele disse que só ia pegar o telefone e ia dormir, enfim tomei meu banho, e me deitei, só que eu escutei ele mandando audio pro cara se espedindo dizendo que ia bater uma e dormir. Esperei uns 30 minutos e resolvi entrar em ação. Fui no quarto dele e ele tava dormindo, só de cueca um frio do caralho no quarto e ele tava sem coberta, com a perna esquerda esticada e a direita dobrada, com uma braço no rosto cobrindo os olhos e a outra na barriga, que por sinal, puta que pariu que barriga einh! muito sequinha e ele nao fazia força pra os gominhos aparecerem. Eu fiquei louco de tesão quando eu vi ele ali, eu me aproximei e coloquei a mão no pau dele, ele nem se mexeu, então eu segurei o pau dele pra ver se ele tinha alguma reação e nada, então eu fui mais fundo, abaixei a cueca dele e vi o que eu queria mais ver, o pau dele. Então eu audacioso como sou coloquei o pau dele na minha boca e comecei a mamar, mole mesmo! tava muito gostoso, o tesão tava nas alturas meu pau tava pulsando e babando. Então eu percebi que ele reagiu, mas nao acordou, então o pau dele começou a ficar duro. E então eu percebi que mesmo dormindo ele dava umas gemidas bem baixinho, percebi que ele tinha acordado então eu parei, e ele disse ” Não para, to com muito tesão Caique, só que Caique era o nome do carinha que ele tava falando no whatsapp. Mas naquele momento eu era o Caique e tava nem ai, então eu continuei mamando mais forte e colocando mais pressão, ele acordou de vez e se assustou. Empurrou a minha cabeça e perguntou o que eu tava fazendo. Eu respondi que tava satisfazendo a vontade dele e que ouviu ele falando que tinha gostado da minha bunda e que tava com muito tesão. Ele ficou sem reação então eu fui pra cima dele e perguntei se poderia continuar, ele disse ” Não sei cara, vc é meu primo, distante mas é meu primo” ah quer saber se foda , eu to com muito tesão e quero aliviar isso. Então eu dei um beijo nele, e fui descendo pelo torax, depois barriga, dei uma lambida abaixo do umbigo e abocanhei a pica dele de vez que ja tava bem dura, tinha uns 18 cm tbm, bem branquinha, com veias e a cabeça bem vermelhinha. Mamei um tempo e lambia as bolas dele, e voltava pro pau. E enquanto eu chupava ele, ele pedia pra eu empinar o rabo pq ele tava gostando de ver meu rabão arreganhado de quatro na cama. Então ele disse vem cá cachorro da uma mamada gostosa no meu peito, porra tava delicioso, ele gemia de tesão, enquanto eu mamava o peito dele , ele cuspiu na mão e passou no meu cuzinho, e fui no céu de tanto tesão, ai ele falava “Mama vai, nao para seu puto! Vou meter o nesse cuzão ja ja” eu ja tava loucooo. Então ele disse vem ca vem, me dar um beijo e morde meu pescoço. Sentei no colo dele beijei ele muito e ele com os dedos no meu cu enfiando e tirando… Então ele disse ” esse cuzinho ja levou pica? pq ta muito fácil de entrar, ta arrombado seu puto?” Mal sabe ele que ja dei pra uma galera. Chupa meu pau com gosto vai, que eu vou meter nesse cuzão em dó, ja que to vendo que vc aguenta pica… eu mal podia esperar por essa hora… então ele me virou de quatro e começou a lamber meu rabo, ele parecia um cachorro faminto, ele urrava, gemia, linguava muito meu rabo, muito mesmo, passou um tempão.E eu tava louco de tesão, nunca tinha sentido tanto tesão no rabo como senti com aquelas linguadas. Ele cuspia, colocava o dedo, lambia, dava tapas, eu nao aguentava mais de tanto tesão… Então eu pedi pra ele meter a pica no meu rabo… Ele disse ” Calma puto, eu quero receber umas linguadas no meu cu tbm…Cara eu nao pensei duas vezes coloquei ele de frango, levantei as pernas dele e ele ficou totalmente vuneravel a mim… tentei fazer o mesmo que ele fez comigo, e ele tava gostando muito, ele gemia, dava uns tapas na minha cara, ele tava realmente com muito tesão. Então ele pediu pra eu chupar a pica dele novamente e deixar bem babada que ele queria me foder, eu fiz o que ele pediu, e depois fiquei de 4 com o cuzão muito empinado pra ele, ele dava muita tapa na minha bunda que eu sentia latejar. Eu tava adorando! Então ele colocou de vez… e disse ” Ja que é puta eu nao vou ter pena nao, eu meto mesmo sem dó, e eu comecei a gemer, eu percebi que ele tinha tesão no gemido, então comecei a gemer igual machão, ele ficava louco, pedia pra gemer mais que dava tesão nele… E eu gemia muito, e comecei a piscar o cu tbm enquanto ele me fodia… ele gemia mais ainda e pedia pra parar se nao ia gozar logo e queria meter muito ainda no meu rabo… ele me virou de frango e cuspiu no meu cu e meteu com força de novo… metia muito ele… ele ja tava muito suado e eu tava louco, ele continuava dando tapas na minha cara, e metendo com força e eu queria mais daquele macho… então ele parou de meter e caiu da boca no meu pau… tava muito duro e babando demais… ele disse que tava com o cu piscando e queria levar pica tbm… eu Nossa! deitei na cama e ele veio sentar na minha pica… ele sentou de vez e eu pensei caralho quebrei minha rola kkkkk…. doeu um pouco, mas ele tava com muito tesão e eu tbm…. ele sentava muito gostoso e rebolava na minha pica, ele urrava de tesão, depois ele ficou de 4 e pediu pra meter com força… então eu fiz! meti com força e ele nao satisfeito fazia o mesmo movimento de vai e vem com o rabo dele… ele me segurava pela a bunda e empurrava minha pica pra dentro dele… ele disse caralho ta doendo mas coloca toda seu puto… meti muito nele…. muito mesmo! estavamos muito suados… e o tesão tava a mil, eu lembro de ter olhado no relogio e ja era quase 5:00 da manhã e nao paravamos e foder, ele me pegou pelo cabelo e me encostou na parede e disse que ia meter ate gozar e que eu aguentasse eue ele ainda tava com fome de cu… eu abri a perna e empinei ele falou porra primo assim tu me mata… Ele meteu com vontade, e mordia meu pescoço. e puxava meu cabelo, dava tapa na minha cara… meteu tanto que por fim gozou dentro de mim ( mas ele tava com camisinha) mesmo depois de gozar o pau dele ainda tava muito duro. Então ele deitou na cama com a cabeça pra fora e pediu pra fuder a boca dele que ele queria que eu gozasse na cara dele… eu como um cavalheiro que sou atendi o pedido… fiquei ainda uns 5 minutos metendo na boca dele…. bem fundo que ia parar na garganta ate que gozei a cara dele. Foi louco demais! depois dessa trepada louca fomos tomar banho… e nos chupamos mais uns vezes no banho mas nada de gozar de novo… voltamos pro quarto e dormimos juntos pelados… até as 14:00 do dia 25 de Dezembro… Acordamos com o Caique ligando pra ele… Ele se arrumou, pediu um uber e a noite voltou pra casa. Advinha com que? Isso mesmo o Caique! mas isso é história pra outro conto… Espero que vcs gostem dessa minha loucura com o militar e se vcs quiserem depois eu conto como foi a minha história com os militarES kkkkkkk bem gostosinho tbm… Um bj na piroca de vcs até a proxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.